Logotipo do site Cultivando
O site verde mais simples e completo do Brasil
   

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

escolha uma seção  


 

 

 

Bambu-da-sorte - Dracaena sanderiana

Bambu da sorte
 

Nome popular: Bambú-da-sorte
Nome científico: Dracaena sanderiana
Família: Ruscaceae
Origem: África

O Bambu-da-sorte é hoje uma das plantas de vaso mais populares em todo o mundo. Conhecida por dar um toque oriental ao ambiente, moldada em formatos inusitados, essa planta na realidade não é de fato um bambu, mas sim uma espécie de Dracena. Quando plantado no solo, ele pode crescer até 1,5 metros de altura. Existem os de folhas totalmente verdes e os de folhas variegadas (com faixas de cores).

Quando plantado em jardins, ele pode ser utilizado na formação de conjuntos e renques junta a muros. Porém, ele é muito mais utilizado em vasos, tendo sido popularizado pela tradição chinesa do Feng Shui. Segundo a tradição, cada elemento da planta possui uma simbologia.

Como cuidar: O bambu-da-sorte precisa de boa iluminação para crescer bem, mas não tolera luz solar direta. Folhas amareladas indicam excesso de sol direto. A planta suporta luminosidades baixas, mas podem se tornar muito esticados, com uma aparência não muito boa.

A planta prefere temperaturas intermediárias, e precisa de uma umidade do ar também intermediária (de 30 a 65%).

O bambu-da-sorte é freqüentemente cultivado como uma planta hidropônica, sendo deixada na água com alguns nutrientes, junto a algumas pedras decorativas que suportam a planta. Nesse caso, a água deve ser trocada a cada 3 a 5 dias. Se plantado em terra, deve-se regar constantemente a planta, de modo a deixar o solo sempre molhado. Mesmo que você vá plantá-lo em solo, é melhor começar na água, até que as raízes se desenvolvam.

Algumas pessoas criam peixes Betta dentro da água do vaso transparente, sendo que suas fezes servem de fertilizante para o bambu. Mas lembre-se: neste caso, não coloque adubos na água, pois isso mataria o peixe.

Você pode modelar a haste da planta á medida que ela cresce, enquanto ela ainda é mole. Você pode fazer isso enrolando arames, puxando, ou mesmo movendo a fonte de luz da planta (pois ela seguirá a luz).  

Como reproduzir: A planta é tradicionalmente multiplicada por estacas de 4 a 8 cm de comprimento. Essas estacas podem ser obtidas simplesmente quebrando o talo em pedaços e deixando-os na água até que enraízem.

 
<< Voltar à página anterior   Consultar mais plantas

Veja também:

- Aprenda a regar corretamente as plantas do jardim.
- Saiba como utilizar e cuidar de plantas em interiores.

 

Cultivando Website - All Rights Reserved- Copyright © - 2010/2020