Segurança alimentar em Vegetais

Muitos são os receios relacionados com a segurança dos alimentos que consumimos. As verduras e legumes devem ser consumidos regularmente, mas uma combinação de maus tratos agrícolas, combinados com má lavagem e armazenamento inadequado, pode resultar em sérios danos à saúde.

Quem causa esses problemas?
Os problemas dos vegetais são em grande parte ocasionados por tratos agrícolas inadequados. O uso de águas contaminadas para a irrigação é um dos principais fatores de contaminação. Outro fator importante é o uso excessivo ou incorreto de agrotóxicos. Vale ressaltar que o correto uso de agrotóxicos não gera resíduos nos alimentos, sendo o uso abusivo, sem supervisão de um agrônomo, o fato gerador da contaminação.

Uma outra fonte de problemas é o mau transporte e armazenamento, podendo ocasionar desde a contaminação até o apodrecimento, podendo causar problemas de intoxicação.

Os vegetais que compramos podem carregar:

  • Vermes – Podem ser de diversas espécies e tipos diferentes, mas devemos tomar cuidado com eles.
  • Amebas – Causam a amebíase, podendo causar sérios problemas para quem as ingere.
  • Intoxicação – Alguns compostos produzidos por microrganismos podem causar desde conseqüências leves até graves.
  • Bactérias – As bactérias podem estar presentes nas verduras e legumes, podendo causar desde a intoxicação até a infecção.

Apesar do grande número de problemas possíveis, é muito difícil a ocorrência de contaminações, principalmente quando lavamos de forma correta os vegetais antes do preparo.

Como lavar as verduras e legumes?
Para legumes, geralmente a simples lavagem com água corrente já é o suficiente. Para as verduras (folhosas), principalmente as abertas, devemos tomar outros cuidados simples, mas importantes.

A lavagem de verduras é muitas vezes apresentada de forma muito complexa, deixando as pessoas confusas, fazendo com que elas desistam de realizar a lavagem. Aqui nós explicaremos alguns métodos muito simples e rápidos, que são suficientemente eficazes:

  1. Lavagem com solução de vinagre – basta colocar os vegetais em 1 litro de água com 2 colheres de sopa de vinagre. Após meia-hora, retire os vegetais e lave-os com água corrente. O meio ácido faz com que as larvas e ovos, assim como as amebas, se desgrudem dos vegetais e se desprotejam, não matando os mesmos, que devem ser retirados com a água corrente.
  2. Lavagem com água sanitária – coloque os vegetais imersos em 1 litro de água com 1 colher de sopa de água sanitária (hipoclorito de sódio), por 15 minutos. Após feito isso, lave-as com água corrente. O cloro mata as larvas e bactérias, sendo uma opção mais segura. Porém, o cheiro residual do cloro pode permanecer nos alimentos, apesar da lavagem com água corrente.
  3. Lavagem com solução com hidrosteril – é um produto encontrado em supermercados e farmácias, sendo um composto de cloreto de sódio e permanganato de potássio. É uma boa opção de uso, sendo eficazes por matarem as larvas e bactérias.

Outros cuidados
Tomar cuidado só com a lavagem dos alimentos é insuficiente. Devemos tomar cuidado com a estocagem de alimentos. Algumas dicas estão listadas a seguir:

  1. Não consuma alimentos estragados – não tenha dó, se deixou um alimento ficar velho, jogue-o fora. Procure estocar somente o que será consumido, evitando desperdícios.
  2. Saiba o que deixar na geladeira – Não deixe fora da geladeira as verduras, frutas e legumes que estragam rapidamente, a geladeira aumenta a durabilidade dos alimentos.
  3. Se houver um vegetal estragando na geladeira, retire-o imediatamente. Os fungos presentes em um vegetal podem se espalhar pelos outros vegetais da geladeira, estragando-os rapidamente.
  4. Estoque os alimentos em um local seguro, livre de produtos estragados, fontes de contaminação, ou mesmo de ratos e baratas.
Facebook
Whatsapp
Google+
Twitter
Follow by Email