Leite longa vida tem conservantes?

Devido à durabilidade do leite de caixinha, muitos são levados a pensar que eles possuem “muitos” conservantes, o que não é verdade. Por lei, não é permitido o uso de qualquer tipo de conservante no leite longa vida. No entanto, a lei permite que sejam utilizados os estabilizantes mono, di, ou trifosfatos de sódio, que servem para evitar que o leite se separe com o tempo. Esses estabilizantes não tem nenhuma relação com a durabilidade do leite.

Leite UHT é seguro?

Mas o que faz o leite durar tanto?

Na realidade, o que faz o leite durar mesmo é o fato de ele possuir poucas bactérias, por ter passado quase por uma esterilização por altas temperaturas. O processo para fazer isso consiste em aquecer o leite a 130°C por 2 a 4 segundos (pouco mesmo!), e resfriar logo em seguida, indo direto para a embalagem final. Para se ter uma ideia, a água ferve a 100°C. Esse processo é chamado de UHT (Ultra High Temperature), que é mais conhecido no Brasil como leite Longa Vida.

É verdade que tem gente usando Soda Cáustica?

Por lei, o uso de Soda Cáustica é proibido. Apesar disso, em 2013 algumas fiscalizações detectaram soda cáustica em algumas grandes marcas como a Italac e Parmalat, que jamais deveriam permitir que o leite adulterado entrasse na sua linha de produção. A adulteração é feita para disfarçar o sabor azedo criado por compostos gerados quando o leite começa a estragar. Como os compostos azedos são ácidos, e a soda cáustica é básica, uma é neutralizada pela outra, ocultando o problema. Infelizmente, somente a fiscalização pode detectar esse tipo de adulteração.

Facebook
Whatsapp
Google+
Twitter
Follow by Email