Há cera na casca da maçã?

Sim, há cera na casca da maçã. As maçãs produzem naturalmente uma cera que cobre a sua casca, sendo essa uma proteção natural da fruta contra a desidratação. Quando a maçã é colhida, limpa e lavada, cerca de metade dessa cera natural é perdida, e uma cera comestível pode ser aplicada na fruta. Por isso, em certas situações uma camada adicional de cera é aplicada durante o beneficiamento.

Cera que sai da maçã ao passar uma lâmina. Parte é natural, parte não.

Para que serve a cera aplicada

  • Para deixar a maçã brilhosa e bonita.
  • Para evitar perda de água por desidratação.
  • Para reduzir os níveis de respiração da fruta, fazendo com que ela dure mais tempo armazenada.
  • Para proteger da entrada de fungos (pode também ser aplicada junto a fungicidas).

Essa cera é mesmo segura?
Todas as ceras utilizadas para as maçãs passam por testes de segurança alimentar, antes de ter a sua utilização liberada. A origem da maioria das ceras é a palmeira carnaúba, mas também há ceras feitas de um tipo de besouro, ou mesmo sintéticas. Todas até então foram consideradas seguras pelos órgãos reguladores, pois essas ceras não são sequer digeridas pelo nosso sistema digestivo.

Como eu sei se a minha maçã tem cera?

Maçãs brilhantes geralmente possuem cera adicional.

Se a maçã que você comprou está bem brilhante, ela provavelmente possui um pouco de cera na casca.  Aliás, não é só na maçã que se adiciona cera, pois mexericas, ameixas, e outras frutas também podem ter a cobertura de cera.

Existe maçã sem cera?
Sim. Ou você opta por comprar as maçãs menos brilhosas, ou você busca por maçãs orgânicas, que não devem possuir ceras. No entanto, a presença ou não de cera não deve ser motivo de preocupação.

Fontes (em inglês):

Best Food Facts.

Apple and Pear Australia Limited

 

Facebook
Whatsapp
Google+
Twitter
Follow by Email