Urina (xixi) de cachorro queima as plantas?

Você já deve ter notado partes esbranquiçadas nos gramados, que parecem ter sido queimadas pela urina de cães, especialmente de fêmeas. Isso ocorre porque SIM, o xixi do cachorro queima gramados, arbustos, e outras plantas. Segundo a Universidade Cornell (EUA), isso ocorre por causa de substâncias que existem na urina. Te explicaremos melhor aqui neste artigo.

A urina dos cães pode ser um vilão dos jardins.

O que faz a urina queimar as folhas?
A urina dos cães possui uma grande quantidade de Ureia, que é muito rica em nitrogênio, e é um excelente adubo para as plantas. No entanto, a quantidade de nitrogênio que existe na urina dos cães é grande demais, o que o torna prejudicial as plantas, causando queimaduras que lembram as causadas quando colocamos adubo demais na terra. Além da ureia, outros sais da urina, como o potássio, podem gerar efeitos indesejados.

Alguns pensam que a urina dos cães queima devido à acidez ou alcalinidade do xixi, mas isso não é verdade. Não há relação entre a acidez da urina, mas sim com a presença de excesso de nitrogênio. Portanto, de nada adiantará jogar vinagre ou bicarbonato de sódio na área afetada.

Queimadura causada por urina de cão.

Urina de fêmeas (cadelas) faz mais mal para a grama?
Não é verdade. Normalmente o que queima a grama é a urina de cadelas, mas isso ocorre porque as fêmeas tendem a urinar tudo o que elas tem na bexiga em um único ponto do gramado, o que torna a concentração ainda maior naquele ponto. Já os cães machos geralmente levantam suas pernas em vários pontos diferentes, colocando um pouco de urina em cada canto para marcar seu território. No caso dos machos, os mais prejudicados costumam ser os pequenos arbustos, que podem ficar queimados.

O que fazer para minimizar o problema na área?
Se você jogar bastante água no local, o excesso de nitrogênio se dissolverá, tornando a urina benéfica para o crescimento das plantas. Fora isso, o importante é deixar uma área dedicada e tentar educar para que seu pet passe a mijar no lugar certo.

Fontes:
http://www.ext.colostate.edu/mg/gardennotes/553.pdf
https://polk.uwex.edu/horticulture/seasonal-concepts/lawns-and-dogs-but-not-tomato-juice/

 

Facebook
Whatsapp
Google+
Twitter
Follow by Email