Qual a diferença entre Peru e Chester?

O Peru é uma espécie animal diferente. O Chester é uma raça de frango desenvolvida pela marca Perdigão. Quando olhamos para a carne já pronta, parece que ambos vieram do mesmo animal, mas se olharmos o animal vivo…

Peru

Peru

Chester vivo

Chester vivo

Na realidade, o Chester nada mais é que um “frangão”. Uma marca registrada do frigorífico brasileiro Perdigão, que tinha como concorrência o frangão Fiesta, que era então da Sadia. Em inglês, Chester siginifica “peitudo”, e o nome foi escolhido porque a maior parte do peso deste frango fica concentrado no peito, que é a parte preferida dos consumidores. O peso de um Chester chega ao dobro do peso de um frango comum.

O tradicional dos Estados Unidos é sem dúvidas o Peru, cuja carne tem sabor mais acentuado, mais seca, e mais firme. Já no Brasil, o Chester tornou-se bastante popular, e adaptou-se perfeitamente ao paladar brasileiro, com uma carne mais suculenta e macia.

O Chester é trasngênico?
Não. Ele é o resultado do cruzamento de raças, selecionando os que nascem com as melhores características. Ou seja, foi obtido pelo mesmo processo que qualquer outra raça animal que produzimos.

Chester ou peru… qual escolheremos não é realmente o que importa. Devemos escolher o que mais nos agrada, e o que fará mais sucesso na nossa festa.

Facebook
Whatsapp
Google+
Twitter
Follow by Email