Logotipo do site Cultivando
O site verde mais simples e completo do Brasil
   

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

escolha uma seção  


 

 

 

Phalaenospsis – Phalaenopsis hybridum

Phalaenopsis

Nome popular: Phalaenopsis; Orquídea Mariposa; Orquídea Boca
Nome científico: Phalaenopsis hybridum
Família: Orchidaceae
Origem: Ásia

A orquídea Phalaenopsis é uma das orquídeas mais populares no Brasil e no mundo. Um dos seus principais atrativos é o florescimento extremamente longo, que pode chegar a durar até 18 meses em certas condições. O nome Phalaenopsis é originado do grego, significando “parecido com mariposa”, devido ao formato das suas flores.

O gênero engloba em torno de 46 diferentes espécies, sendo todas elas perenes (vivem mais de 2 anos). Mas a maioria das que encontramos à venda é híbrida e não espécies puras.

Essas orquídeas são em geral epífitas.

Cultivo: As Phalaenopsis crescem muito bem em locais muito bem iluminados, mas com luz filtrada (indireta). Um ambiente ideal é debaixo da copa de árvores. Prefere também ambientes úmidos, com 50 a 80% de umidade do ar. Podemos aumentar a umidade do ar local com uma bandeja com cascalho e água deixada ao redor da orquídea. Baixa umidade do ar pode causar queda prematura das flores.
A movimentação do ar é essencial para prevenir doenças fúngicas na orquídea, mas evite locais com ventos.

Há alguns cuidados que devemos tomar com as Phalaenopsis. Por ser uma epífita, essas orquídeas precisam de regas regulares, mas não as encharque, pois elas poderão apodrecer. Não regue através dos pratos de plantas. Excesso de regas causa morte das raízes, matando a planta. Conheça os cuidados gerais com as orquídeas.

Keikis de Phalaenopsis
Brotos nascendo da haste (keikis)

Elas também podem ser presas em árvores, sendo elas mais fáceis de cultivar dessa forma. Para fixá-las é recomendável envolver as suas raízes em esfagno ou fibra de coco e amarrá-las ao tronco de uma árvore.

Após o longo florescimento, ela pode levar alguns anos para florescer novamente.

Troca de vaso: Essas orquídeas devem ser trocadas de vaso a cada 2 ou 3 anos em média. Na troca de vaso, remova as raízes mortas manualmente e replante no mesmo vaso com substrato novo. Aprenda a trocar o vaso das orquídeas.

Propagação: Alguns brotos podem surgir logo após a floração terminar, na haste floral, sendo eles chamados de keikis. Deixe o broto lá até que ele crie raízes e desenvolva pelo menos 2 folhas. Retire o broto da planta deixando 3 cm de haste de cada lado e plante-o em outro vaso. Veja aqui o nosso guia para o plantio de orquídeas. A haste deixada no broto serve de suporte para a nova planta no novo vaso.

 
<< Voltar à página anterior   Consultar mais plantas

Veja também:

- Aprenda a regar corretamente as plantas do jardim.
- Saiba como utilizar e cuidar de plantas em interiores.

 

Cultivando Website - All Rights Reserved- Copyright © - 2010/2020