Palmeira Rápis (Raphis excelsa)

palmeira-rafisA Palmeira-rápis (ou ráfia) é originária da China, e adaptou-se muito bem ao clima brasileiro. Bastante popular no mundo todo, ela é utilizada principalmente plantada em vasos, e mantida em ambientes internos, o que é possível devido à sua tolerância a ambientes sombreados. No entanto, ela também pode ser cultivada nos jardins, formando maciços e conjuntos ou com touceiras isoladas, plantada diretamente na terra, ficando com 2 a 4 metros de altura. Seu principal atrativo é seu tronco, que é numerosos e revestido por fibras espessas, com aspecto bastante interessante. Existem plantas masculinas e femininas, que geralmente não são diferenciadas no seu uso.

Cultivo
Cresce melhor em regiões tropicais e subtropicais, não tolerando geadas. Deve ser deixada em locais com sol pleno ou à meia sombra, em terra rica em matéria orgânica e com boa drenagem. Quando deixada em ambientes internos, deve ser deixada próxima a janelas ou em sacadas. Quando deixadas sob sol pleno, suas folhas tendem a ficar amareladas, mas a planta não morre. Com crescimento relativamente lento, é vendida geralmente já com tamanho razoável.

Pode ser multiplicada facilmente por divisão de touceiras, plantadas na primavera. Para fazer isso, basta separar as brotações da planta mãe, colocando-as em um vaso novo.

Facebook
Whatsapp
Google+
Twitter
Follow by Email