Capuchinha (Tropaelum majus)

Capuchinha

Capuchinha

Nome popular: Capuchinha; Capuchinho, Chagas; Nastúrcio.
Nome científico: Tropaelum majus L.
Família: Tropaeolaceae.
Origem:
 Peru e Brasil.

A Capuchinha é uma planta herbácea, bienal, de 30 a 40 cm de altura, com ramagem de aspecto suculento, de folhagem cerosa e florescimento ornamental.

Ocorre também a variedade hortícola “Nanum” de crescimento mais compacto.
Flores vistosas, simples ou dobradas, amarelas, alaranjadas ou vermelhas, formadas na primavera-verão.

As flores e folhas da capuchina são comestíveis, com sabor levemente picante, podendo ser utilizadas em saladas e na ornamentação de pratos. Seu sabor se assemelha ao agrião e são muito ricas em vitamina C.

Como cultivar: A capuchina é uma planta de fácil cultivo, e relativa rusticidade. Ela cresce melhor em ambientes com alta luminosidade, de preferência em sol pleno, mas tolera sombreamento durante parte do dia. Pode ser utilizada como planta pendente em vasos ou jardineiras, ou como forração, em canteiros estercados, com área suficiente para seu desenvolvimento, visto a ramagem dispersa.

Regue regularmente, mantendo o solo sempre úmido, mas não encharcado. Se você utilizar uma guia, conduzindo a planta ela se torna uma trepadeira.

Como reproduzir: Podemos multiplicá-las facilmente por estacas dos ramos, ou por sementes, produzidas em abundância, postas a germinar no outono ou diretamente no local definitivo.

Facebook
Whatsapp
Google+
Twitter
Follow by Email