Cana-índica (Canna x generalis)

Cana-indica

Cana-indica

Nome popular: Cana-do-brejo; Cana-índica; Biri; Bananeirinha-da-índia; Bananeirinha-de-jardim.
Nome científico:
Canna x generalis L.H. Bailey
Família:
Cannaceae.
Origem: Várias.

A Cana índica compreende um grande grupo de plantas que foram obtidas através de inúmeras hibridações e de um longo processo de melhoramento genético. Suas folhas se assemelham às folhas da bananeira e suas flores aparecem quase o ano todo, e existe uma vasta gama de cores.

As principais espécies são: Canna glauca L., C. especiosa, C. warscewiezii, C. iridaflora, C. flaccida, C. indica L. entre outras. São plantas de 0,5 a 1,0 m de altura, com folhagem rajada ou variegada.

Sendo uma planta de clima tropical, a planta se desenvolve melhor quando cultivada em regiões mais quentes, e não tolera baixas temperaturas.

Como cultivar: A cana-índica cresce bem quando plantada sob sol pleno, não suportando muito sombreamento. É muito usada na composição de jardins tropicais, plantadas em canteiros com terra bem fértil.

Ela não deve ser regada demais, mas o solo também não pode ficar seco demais. Regue novamente quando o solo estiver seco a 5 centímetros de profundidade.

Como reproduzir: Multiplica-se facilmente por divisão dos rizomas.

Facebook
Whatsapp
Google+
Twitter
Follow by Email