Camarão-amarelo (Patchystachys lutea)

Camarão amarelo

Camarão amarelo

Nome popular: Camarão-amarelo.
Nome científico:
Patchystachys lutea Ness
Família: Acanthaceae
Origem: Peru

O Camarão-amarelo é uma planta perene (vive mais de um ano), muito atrativa para beija-flores. Em países de clima temperado a planta é comumente usada na decoração de interiores, plantada em vasos. Mas no Brasil é mais utilizada nos jardins.

Sua inflorescência amarela é muito chamativa, e suas folhas também possuem um bom valor ornamental. O camarão-amarelo é cultivado em vasos, em grupos, ou em renques acompanhando muros, muretas e paredes, a meia-sombra ou em pleno-sol.

Prefere temperaturas mais altas, não suportando bem temperaturas baixas demais. Umidade do ar alta também é apreciada (acima de 60%).

Como cultivar: O camarão-amarelo cresce melhor se plantada ao sol pleno ou à meia-sombra, podendo também ser plantada em vasos. É recomendada a realização de regas regulares, mantendo sempre o solo úmido, mas não encharcado. A poda e a adubação anual com matéria orgânica melhoram seu florescimento. Para manter a planta compacta, pode as pontas antes do florescimento.

Como reproduzir: Multiplica-se facilmente por estacas, principalmente se cortadas no final do florescimento e enraizadas em local protegido com altas temperaturas e umidade.

Facebook
Whatsapp
Google+
Twitter
Follow by Email